Na semana do Dia Internacional da Mulher, as jogadoras de futebol feminino do Flamengo/Marinha visitaram o programa Amigos do Figueira, no Instituto Nacional da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), a fim de conhecer às mulheres guerreiras que se doam integralmente aos cuidados de seus filhos. As atletas puderam compreender um pouco mais dos três projetos atendidos atualmente: Novos Caminhos, Volta pra Casa e NAPEC.

A visita começou durante uma aula de textura e decoupage e seguiu para as enfermarias, onde os voluntários do Napec realizavam atividades de apoio escolar ou brincavam com as crianças e adolescentes internados.  Antes das jogadoras conhecerem a sua filha Sara Raquel, ainda na sala do Novos Caminhos, Ubiranilde Azevedo contou um pouco de sua trajetória no hospital, que já dura quase seis anos, e como a iniciativa vem aumentando a sua qualidade de vida. “Isso aqui é um momento de lazer e de muito aprendizado. A gente consegue se distrair, relaxar e ganhar dim dim. O curso abraça as mães. É um suporte para que a gente continue aqui dentro do hospital nessas longas internações”, destacou.

Ubiranilde apresentando sua filha Sara

A zagueira Karen Rocha se surpreendeu com a história e ofereceu apoio não só a ela, mas a todas as mães. “Nós chegamos aqui e não entendíamos o que estava acontecendo. Nós temos uma vida totalmente diferente: corremos atrás de nossos sonhos e trabalhamos no que a gente ama. E eu fiquei muito feliz em saber que vocês estão tendo uma oportunidade para fazer alguma coisa para suas vidas não pararem. O que eu posso falar é que eu quero ajudar”, comentou. “E queria parabenizar a todos os voluntários.  Quero desejar que esses projetos sejam muito abençoados”, concluiu.

A goleira Kaká compartilhou da mesma opinião de sua colega de time ao vivenciar momentos diferentes de sua rotina relacionada ao futebol. “É especial estar aqui. Ver a luta da mãe. Ver a luta da mulher. Ver como a gente é forte e suporta certas coisas da vida. É bom saber que a gente pode divulgar. Qualquer ajuda é sempre bem-vinda”, enfatizou.

Jogadoras do futebol feminino do Flamengo e as mães atendidos pelo Amigos do Figueira

O programa Amigos do Figueira é uma rede de solidariedade que nasce com o objetivo ajudar as ações realizadas no IFF em apoio a crianças e aos adolescentes com condições complexas ou dependentes de tecnologias, e às suas famílias. É uma realização do Núcleo de Apoio a projetos Educacionais e Culturais e Novos Caminhos, com gestão do IFF e administração da Sociedade de Promoção da Casa de Oswaldo Cruz.  Idealização: Escritório de Captação de Recursos da Fiocruz.

Para saber mais sobre o programa e os projetos atendidos, e fazer parte desta rede de amigos sendo um doador, basta entrar no site www.amigosdofigueira.org.br.