Covid-19 | Atualização do comunicado de orientações e procedimentos

A SPCOC atualizou  as orientações e procedimentos para realização de pagamentos, solicitação de compras, contratos e outras atividades administrativas financeiras durante a vigência do plano de contenção do contágio do coronavírus. Confira!


SPCOC divulga comunicado com orientações e procedimentos em vista da pandemia do coronavírus

Destinado aos coordenadores de projeto e suas equipes, a SPCOC divulgou as orientações e procedimentos para realização de pagamentos, solicitação de compras, contratos e outras atividades administrativas financeiras durante a vigência do plano de contenção do contágio do coronavírus. Para se informar,  clique aqui.


Jogadoras do futebol feminino do Flamengo visitam famílias atendidas pelo programa Amigos do Figueira

Na semana do Dia Internacional da Mulher, as jogadoras de futebol feminino do Flamengo/Marinha visitaram o programa Amigos do Figueira, no Instituto Nacional da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), a fim de conhecer às mulheres guerreiras que se doam integralmente aos cuidados de seus filhos. As atletas puderam compreender um pouco mais dos três projetos atendidos atualmente: Novos Caminhos, Volta pra Casa e NAPEC.

A visita começou durante uma aula de textura e decoupage e seguiu para as enfermarias, onde os voluntários do Napec realizavam atividades de apoio escolar ou brincavam com as crianças e adolescentes internados.  Antes das jogadoras conhecerem a sua filha Sara Raquel, ainda na sala do Novos Caminhos, Ubiranilde Azevedo contou um pouco de sua trajetória no hospital, que já dura quase seis anos, e como a iniciativa vem aumentando a sua qualidade de vida. “Isso aqui é um momento de lazer e de muito aprendizado. A gente consegue se distrair, relaxar e ganhar dim dim. O curso abraça as mães. É um suporte para que a gente continue aqui dentro do hospital nessas longas internações”, destacou.

Ubiranilde apresentando sua filha Sara

A zagueira Karen Rocha se surpreendeu com a história e ofereceu apoio não só a ela, mas a todas as mães. “Nós chegamos aqui e não entendíamos o que estava acontecendo. Nós temos uma vida totalmente diferente: corremos atrás de nossos sonhos e trabalhamos no que a gente ama. E eu fiquei muito feliz em saber que vocês estão tendo uma oportunidade para fazer alguma coisa para suas vidas não pararem. O que eu posso falar é que eu quero ajudar”, comentou. “E queria parabenizar a todos os voluntários.  Quero desejar que esses projetos sejam muito abençoados”, concluiu.

A goleira Kaká compartilhou da mesma opinião de sua colega de time ao vivenciar momentos diferentes de sua rotina relacionada ao futebol. “É especial estar aqui. Ver a luta da mãe. Ver a luta da mulher. Ver como a gente é forte e suporta certas coisas da vida. É bom saber que a gente pode divulgar. Qualquer ajuda é sempre bem-vinda”, enfatizou.

Jogadoras do futebol feminino do Flamengo e as mães atendidos pelo Amigos do Figueira

O programa Amigos do Figueira é uma rede de solidariedade que nasce com o objetivo ajudar as ações realizadas no IFF em apoio a crianças e aos adolescentes com condições complexas ou dependentes de tecnologias, e às suas famílias. É uma realização do Núcleo de Apoio a projetos Educacionais e Culturais e Novos Caminhos, com gestão do IFF e administração da Sociedade de Promoção da Casa de Oswaldo Cruz.  Idealização: Escritório de Captação de Recursos da Fiocruz.

Para saber mais sobre o programa e os projetos atendidos, e fazer parte desta rede de amigos sendo um doador, basta entrar no site www.amigosdofigueira.org.br.


Criatividade e mão na massa, essa foi a primeira etapa do 2º Evento de Inovação

A primeira etapa do 2º Evento de Inovação já ocorreu com o Inova Camp e o Hackathon Fiocruz 2019. Foram quatro dias de pura criatividade e mão na massa.

O evento começou nos dias 28 e 29 de novembro com o Inova Camp. A partir de um modelo inovador, importado pelo consultor sênior de mobilização pública e captação de recursos Marcelo Iniarra, os participantes puderam conhecer novas técnicas para engajar pessoas e casos inspiradores, por meio de palestrantes reconhecidos em suas áreas de atuação. Estiveram por lá o coreógrafo e dançarino Carlinhos de Jesus; o economista de formação e líder da área internacional de captação de recursos da ActionAid, Bruno Benjamin; o especialista em branding, design gráfico, marketing digital e vendas, Marcelo Maceo; a redatora Joana Mendes; diretor do Bairro da Juventude dos Padres Rogacionistas, Anézio de Souza; e a empreendedora no mundo de captação de recursos, Flavia Lang, que também foi uma das responsáveis pelo conceito do Inova.

No final, em um laboratório de ideias, os participaram puderam colocar em prática tudo o que aprenderam. Eles tiveram que apresentar protótipos para os seguintes desafios: construção de aplicativos para a troca de experiências entre mães que vivem nos hospitais com seus filhos; campanha de prevenção do câncer de pele; web reality show da terceira idade; e campanha para salvar o MAR, que corre o risco de fechar.

O Inova Camp contou com 40 participantes. Foto: Vivian Fernandez

O Inova terminou animado com muita música da Orquestra Verde, composta por estudantes de escolas públicas que utilizam material reciclável para construir seus instrumentos. Essa iniciativa casou com a proposta do evento que prezou pela valorização de organizações sociais e sustentabilidade. Foram convidados também o Maré de Sabores e a Cervejaria Caetés para servir no happy hour. Os crachás foram feitos de papel semente, tipo de papel artesanal que invés de virar lixo se transforma em belas plantas.

Nos dias seguintes (30 de novembro e 1º de dezembro), foi a vez de designers, programadores e diversos especialistas de diversas área de atuação entrarem em cena, em uma maratona na busca de soluções para quatro relevantes desafios: uma rede digital que envolva a população no combate às arboviroses; um aplicativo para ajudar no tratamento de pessoas com tuberculose; a criação de um “chatbot” para atuar em canais de comunicação da Fiocruz; e uma plataforma para ampliar a vigilância de focos de carrapatos transmissores da febre maculosa.

Nesta segunda edição do Hackathon, o número de mulheres mais do que dobrou. Desta vez foram 10 participantes, diferente da primeira edição em 2016 que contou com apenas 4. Das oito equipes formadas 5 eram compostas por mulheres desde 21 até os 56 anos.

Hackadoidos, P21, Daxllab e View Model Robusta foram as equipes vencedoras e poderão desenvolver seus protótipos na Incubadora de Ideias a ser realizada em 2020. Eles terão seis meses para desenvolver os aplicativos a fim de que possam ser utilizados pela sociedade. E nesse tempo, administrarão oficinas de programação gratuita para jovens da periferia que desenvolverão um app que mapeará os equipamentos culturais da Zona Norte do Rio.

Vencedores do Hackathon Fiocruz 2019. Foto: Rodrigo Méxas

Ainda em 2020 será realizado o Inspire-se, que será um encontro de dois dias com o objetivo de discutir sobre posicionamentos de marca em tempos disruptivos, economia criativa que emerge das favelas, caminhos de inovação em tempos de crise financeira, entre outros assuntos.

O 2º Evento de Inovação conta com o patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura através da lei Municipal de Incentivo à Cultura e também das empresas IBM, Johnson & Johnson, Nova Rio, Dataprev, Grupo Seres, ONS, Grupo Libra, Contacta, Concremat e Soenergy.


“O meu trabalho é só uma cerejinha do bolo”, disse Zizi Possi sobre o Show à Vida

A Vice-Presidência de Gestão e Desenvolvimento Institucional da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), por meio de seu Escritório de Captação, e o Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz) realizaram, no dia 31 de outubro a segunda edição do Show À Vida, no Teatro Oi Casa Grande, em celebração ao 1 ano do programa Amigos do Figueira.

 

Show à Vida - Zizi Possi. Foto: Vivian Fernandez

Com a casa lotada, Zizi Possi encantou o público com um repertório especial, pensando especialmente para a apresentação. “A importância do meu show é celebrativa”, disse Zizi. “A importância é na verdade do Amigos do Figueira. É na obra que eles estão realizando e o apoio que está sendo oferecido para as crianças e famílias (no IFF). O meu trabalho é só uma cerejinha do bolo, que está sendo feito com todo meu amor e toda minha inspiração para que tempos melhores cheguem para todas essas pessoas”.

Antes da cantora subir ao palco, a madrinha do projeto, a atriz Maria Paula dividiu o palco com o jornalista Fábio Júdice a fim de apresentar os resultados obtidos durante um ano do Amigos do Figueira. Eles também foram responsáveis por fazer uma emocionante homenagem para as mães das crianças atendidas no IFF, que compareceram ao evento.

Quem esteve no espetáculo, pôde concorrer a diversos prêmios, desde voucher para restaurantes a hospedagens em maravilhosos hotéis. Bastava o público se cadastrar e/ou doar na plataforma do programa.

Toda a verba arrecada será revertida a manutenção do tratamento de 12 crianças em casa e no desenvolvimento de canais de comercialização dos produtos realizados pelas mães do Novos Caminhos, um dos projetos que ocorrem no IFF apoiado pelo Amigos do Figueira.

Confira algumas fotos do evento em nossa galeria:


Show beneficente com Zizi Possi terá venda revertida para crianças e famílias atendidas pelo IFF

A Vice-Presidência de Gestão e Desenvolvimento Institucional da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), por meio de seu Escritório de Captação, e o Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz) realizam a segunda edição do Show À Vida, no Teatro Oi Casa Grande, às 21h, em 31 de outubro, quinta-feira.

Dona de qualidade musical única, Zizi Possi se apresenta no show beneficente que celebrará o primeiro ano do Amigos do Figueira. O programa é uma rede de amor e solidariedade em prol das ações realizadas em apoio a crianças e adolescentes, com doenças complexas e dependentes de alguma tecnologia médica, e às suas famílias atendidas no IFF.

Em "Concerto de voz e piano” Zizi, que nunca se restringiu a um gênero musical, comprova sua versatilidade como intérprete.  Acompanhada pelo Maestro Jether Garotti Jr. (piano, teclado e clarineta), a cantora expõe um verdadeiro show de interpretação, através de músicas como O Grande Circo Místico (Chico Buarque e Edú Lobo), ‘Disparada’ (Geraldo Vandré), ‘Contrato de Separação’ (Dominguinhos/Anastácia), entre outras pérolas da MPB. Além disso, Zizi relembra diversos momentos de sua carreira e sucessos, como “Asa Morena”, “A Paz” e “Per Amore”.

O dinheiro arrecadado com a venda dos ingressos será revertido para o Amigos do Figueira, uma realização do Núcleo de Apoio a Projetos Educacionais e Culturais (Napec/IFF) e Novos Caminhos.  Atualmente, o programa contempla os projetos Volta Pra Casa, Humanização Hospitalar e Novos Caminhos.

Ficha Técnica

Evento: Show À Vida

Artístico: Zizi Possi – Concerto Voz e Piano

Local: Teatro Oi Casa Grande - Av. Afrânio de Melo Franco, 290 - a - Leblon

Data/hora: 31 de outubro de 2019, às 21h. Abertura da casa: 20h.

Realização: Escritório de Captação/VPGDI/ Fiocruz e Instituto Fernandes Figueira (IFF)

Gestão Cultural: Sociedade de Promoção da Casa de Oswaldo Cruz – SPCOC

Venda de ingresso: https://checkout.tudus.com.br/oi-casa-grande-show-a-vida--zizi-possi-/selecione-seus-ingressos

Parceria: Teatro Oi Casa Grande

Beneficiário: Amigos do Figueira (Núcleo de Apoio a Projetos Educacionais e Culturais e Novos Caminhos)


Saiba sobre as principais mudanças na Lei Rouanet

No último Café com os Coordenadores, a advogada Carolina Bassin esteve conosco nos atualizando sobre as principais mudanças na Lei Rouanet. Ela nos disponibilizou hoje o material apresentado nesse encontro recheado de aprendizado.  Confira clicando na imagem abaixo.

 


Evento Saúde e Cultura é marcado por lançamentos

Arte em defesa da vida, levando cultura, ciência e saúde a população. Essa motriz que impulsiona a realização de diversos projetos da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) foi rememorada no evento Saúde e Cultura: parceria que dá certo!, que foi marcado com os lançamentos da plataforma de captação de recursos voltada para pessoa física - IR que Transforma -, pelo Escritório de Captação de Recursos da Fiocruz (EC/Fiocruz), e o caderno dos 30 anos da Sociedade de Promoção da Casa de Oswaldo Cruz (SPCOC).

Fotos: Vivian Fernández

O evento chegou a seu quinto ano, totalizando 33 projetos viabilizados e 79 parcerias realizadas. Somente em 2019, foram oito projetos celebrados, que juntos devem gerar aproximadamente 150 empregos com um investimento de 16 milhões de reais. “Apesar da importância destes resultados, considero que nossos números mais relevantes não são mensuráveis quantitativamente, pois se tratam das milhares experiências, pessoais e intransferíveis, vivenciadas por crianças, jovens e adultos, que, por muitas vezes, estiveram em contato pela primeira vez com as exposições, peças teatrais, óperas, filmes, livros, oficinas e diversas outras iniciativas produzidas até aqui.”, afirma Luis Fernando Donadio, coordenador do EC e diretor da SPCOC, associação sem fins lucrativos que apoia as iniciativas da Fiocruz, que festejou três décadas de atuação ininterrupta.

Realizado no Centro de Documentação e História da Saúde (CDHS), campus Manguinhos, o evento recebeu o assessor da Secretaria Especial da Cultura, Marcos Tavolari, e o Coordenador da Comissão Carioca de Promoção Cultural, Eduardo Nascimento, que representaram a Secretaria Especial da Cultura e a Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro, respectivamente. Ambos ressaltaram a importância da democratização da cultura e na contribuição da Fundação nesse quesito.

Em seu discurso, a presidente da Fundação, Nísia Trindade Lima, destacou a relevância do evento e fez reflexões fundamentais sobre as iniciativas e a agenda dos 120 anos da Fiocruz, que traz como mote pensar a tradição e a inovação para o projeto de um país mais justo e que de fato a cidadania seja alcançada. “Nossa ideia é transformar este mote em ações e propostas que possamos entregar para a sociedade no ano que vem”, explicou.

Participaram também da mesa de abertura, o vice-presidente de gestão e desenvolvimento institucional da Fiocruz, Mario Santos Moreira, que falou do papel fundamental que o EC realiza na construção de parcerias, e o diretor da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz), Paulo Elian, que foi o anfitrião do evento e lembrou da trajetória da SPCOC,que foi fundamental para a instituição levar adiante nos seus primeiros anos o importante projeto de restauração do patrimônio arquitetônico de Manguinhos. “É muito alegria ver esse processo de afirmação”, disse Elian. “ É com muita satisfação que na direção da Casa recebo esse evento que tem se mostrado importante nas relações de parceria entre patrocinadores, apoiadores e diferentes unidades da Fiocruz”.

Projetos contemplados

Foram oficializadas a parceria com 30 empresas, realizada por meio das leis de incentivo à cultura, de forma direta ou por meio de serviços, para a promoção de ações de cinco diferentes unidades da Fiocruz. São elas: Amigos do Figueira, Plano Anual do Museu da Vida, Ciência Móvel, Orquestra de Câmara do Palácio de Itaboraí, Festival de Inovação, Se essa rua fosse minha, Núcleo Arquitetônico e Histórico de Manguinhos e a exposição Cidade Acessível.

O evento

Saúde e Cultura: parceria que dá certo! é um evento anual que visa celebrar as parcerias construídas para o desenvolvimento de projetos da Fiocruz.


Fiocruz celebra parcerias para projetos no evento Saúde e Cultura 2019

A Vice-Presidência de Gestão de Desenvolvimento Institucional da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), por meio de seu Escritório de Captação de Recursos, e a Sociedade de Promoção da Casa de Oswaldo Cruz (SPCOC) realizam o evento Saúde e Cultura: parceria que dá certo!, em 03 de junho, no auditório do CDHS, às 10h. Essa será a quinta edição do evento que visa celebrar as parcerias construídas para o desenvolvimento de projetos da Fundação.

 

Neste ano, é oficializada a parceria com 30 empresas, realizada por meio das leis de incentivo à cultura, de forma direta ou através de serviços, para a promoção de oito ações de diferentes unidades da Fiocruz. São elas: Amigos do Figueira, Plano Anual do Museu da Vida, Ciência Móvel, Orquestra de Câmara do Palácio de Itaboraí, Festival de Inovação, Se essa rua fosse minha, Núcleo Arquitetônico e Histórico de Manguinhos e a exposição Cidade Acessível. Juntas, as iniciativas vêm promovendo cultura, ciência e saúde a população gratuitamente.

 

O evento ocorre desde 2015 e já celebrou 25 projetos e mais de 40 parcerias.

 

Serviço:

Saúde e Cultura: parceria que dá certo!

Local: Auditório do CDHS

Endereço: Av. Brasil 4365 - Manguinhos - Rio de Janeiro

Data e Hora: segunda-feira, 03 de junho; 10h.


SPCOC abre oportunidade para Captadores de Recursos

Buscamos profissional de captação para compor nossa equipe.

É necessário ter experiência de no mínimo 5 anos, em ferramentas de prospecção; elaboração de projetos para negociação; desenvolvimento de contrapartidas; construção de planos de captação; negociação direta com empresas, fundações e institutos; e sólido conhecimento no uso de leis de incentivo fiscal.

Entre as principais atribuições da função estão:

- Participação no planejamento e implantação de estratégia de captação para programas socioculturais.

- Prospecção de oportunidades em ISP.

- Desenvolvimento de projetos de negociação

- Reuniões com potenciais parceiros.

- Gestão de relacionamento com financiadores.

Formação:

Ensino Superior completo (preferencialmente em: marketing, relações públicas, publicidade e propaganda).

Obs: Nível superior em outras áreas também será considerado.

Principais Requisitos
- Excelente comunicação escrita e falada.

- Experiência em negociação direta junto à empresas, fundações e institutos.

- Bons conhecimentos no uso de planilhas e sistemas de gestão.

- Uso de leis de incentivo.

Diferenciais

- Pós Strictu ou Lato Sensu, relacionada à área de atuação.
- Inglês escrito e falado
- Conhecimento no uso de ferramentas e processos de Gestão (PMI – Canvas – entre outros)

Local de atuação: Rio de Janeiro (disponibilidade para viagens)

Envio de CVs: captacao@spcoc.org.br até 17/05, com pretensão salarial